TERAPIA MANUAL

O fisioterapeuta utiliza como principal ferramenta as mãos, como o próprio nome da especialidade nos mostra, sendo estas o intermédio da realização dos testes e manobras inclusas no exame físico e tratamento. Através de uma avaliação criteriosa, o profissional chegará a um diagnóstico preciso, podendo a partir daí traçar um método de tratamento eficaz de acordo com os achados clínicos, levando-os também a um provável prognóstico.

Entre as técnicas utilizadas podemos citar a Quiropraxia, Rolfing, Cyriax, Osteopatia, Maitland, McKenzie, Mulligan, Crochetagem, Mobilização Neural, Estabilização Segmentar Terapêutica, etc…

Através da Terapia Manual atuaremos diretamente na causa do problema e não nos sintomas, os quais serão consequência de uma provável disfunção neuro-músculo-esquelética. Por isso, o terapeuta manual possui formação qualificada, sendo competente para a realização do diagnóstico e tratamento das disfunções ortopédicas em geral.

Crochetagem

É um método auxiliar no tratamento das dores mecânicas (por sobrecarga) do aparelho locomotor, através da utilização de ganchos (crochets), que visam tratar contraturas, aderências e nódulos sensíveis na fáscia (membrana que recobre o músculo) ou no próprio músculo. As aderências bloqueiam o movimento, causando irritação neste local e podendo se estender aos tendões, ligamentos e até aos nervos. A Crochetagem visa a liberação desses tecidos e consequentemente o movimento.

Maitland

É uma técnica de manipulação e mobilização articular, que pode  ser realizada em qualquer articulação respeitando a individualidade anatômica de cada paciente. Usado para alongar ou liberar determinadas estruturas a fim de restaurar os movimentos normais e promover alívio da dor. Indicado para todos os quadros de disfunções neuro músculo esqueléticas.

Osteopatia

É um sistema de tratamento que utiliza técnicas manuais para proporcionar ao organismo um equilíbrio e assim reagir frente as doenças. A técnica implica num detalhado exame clínico com aprofundado diagnóstico e tratamento manipulativo, direcionado sobre as estruturas em “disfunção”, seja ela de origem músculo esquelética, craniana ou de vísceras e órgãos internos.

Mulligan
É uma técnica de manipulação e mobilização articular, que pode  ser realizada em qualquer articulação respeitando a individualidade anatômica de cada paciente. Usado para alongar ou liberar determinadas estruturas a fim de restaurar os movimentos normais e promover alívio da dor. Indicado para todos os quadros de disfunções neuro músculo esqueléticas.
McKenzie

Consiste em um programa de movimentos prescritos pelo fisioterapeuta, sem auxilio de equipamentos específicos. A maioria das dores músculo esqueléticas são de origem “mecânica”, ou seja, são provocadas por alguma posição de sobrecarga ou movimento incorreto. Este método consiste em realizar o movimento inverso capaz de abolir e restaurar a função.

Cyriax
Método desenvolvido com o objetivo de aprimorar a prática clínica dentro da ortopedia e traumatologia. Esta técnica analisa os sinais e sintomas apresentados pelo paciente, podendo abordar diferentes propostas de tratamento de acordo com o diagnostico realizado. As manobras abordadas na fisioterapia envolvem a fricção transversa do tendão, mobilizações e manipulações articulares da coluna e membros.
Dejarnette

Descrita nos EUA como S.O.T (Sacro Occipital Therapy) ,é um sistema de tratamento sem contra indicações. Dejarnette acreditava que as manipulações com “thrust” (movimentos de alta velocidade e baixa amplitude) eram muito agressivas em alguns casos e desenvolveu cunhas para a correção das disfunções da coluna vertebral.

Mobilização Neural

Técnica manual de avaliação e tratamento do tecido neural, o qual pode encontrar-se comprometido, limitando sua mobilidade através dos músculos e articulações por onde percorre ou ter seu fluxo axoplasmático interrompido. Este é o único tecido que conecta todo o nosso corpo, seja mecanicamente (movimentos), eletricamente (impulsos) ou quimicamente (neurotransmissores). O conhecimento da neurodinâmica é imprescindível em qualquer tratamento fisioterápico.

Bandagem Funcional

A bandagem funcional é um tratamento que promove o posicionamento correto das articulações através do uso de faixas específicas (Kinesio Taping), auxiliando de maneira rápida, eficiente e coadjuvante no tratamento da fisioterapia.

Indicações
Tratamento das disfunções neuro músculo esqueléticas, doenças crônicas e tratamento postural. Não é utilizada somente como tratamento, mas também na prevenção de possíveis lesões, sendo muito comum em atletas antes da pratica esportiva.

Objetivos
Corrigir o movimento das articulações e dos tecidos, reduzir o inchaço e edema, limitar os movimentos não desejados, facilitar outros, auxiliar o processo de cicatrização e proteger ou dar suporte as estruturas lesionadas.

Estabilização Segmentar da Coluna Vertebral

Técnica de tratamento criada por fisioterapeutas e pesquisadores australianos com o objetivo de desenvolver a função de estabilização dos diferentes segmentos da coluna vertebral. Esta estabilização é proporcionada pela ativação dos músculos mais profundos da coluna vertebral, através do treinamento com exercícios específicos e auxilio do aparelho chamado Stabilizer. Indicada para todos os problemas da coluna cervical e lombar.